Além do coronavírus: saiba tudo sobre a vacinação em adultos e idosos

Além da tão esperada vacina contra o coronavírus, há outros imunizantes que precisam ser aplicados em adultos e, especialmente nos idosos. E você sabe quais são? Confira com a Doutora Carolina Lisboa, geriatra do Instituto Geriátrico Afonso Pena do Grupo Santa Casa BH.

Doutora Carolina, geriatra da Santa Casa. Foto: SCBH

Radar Leste BH – Por que adultos e idosos devem ser vacinados?

A vacinação é uma das medidas mais importantes para promover a saúde pública. Além disso, estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos, prevenindo o aparecimento das doenças e está diretamente ligada à qualidade de vida. Daí, a importância de adultos e idosos estar em dia com o calendário vacinal.

Radar Leste BH – Quais vacinas devem ser tomadas pelos adultos e a partir de qual idade?

Para pessoas entre 20 e 59 anos, é recomendada a vacinação para Hepatite B, Dupla Bacteriana Adulto e Febre Amarela. De 30 a 59, a tríplice viral.

Radar Leste BH – Quais são as vacinas destinadas aos idosos?

No calendário vacinal disponível, as vacinas indicadas para pessoas com mais de 60 anos são: Hepatite A, Hepatite B, Herpes Zóster, Difteria, Tétano e Coqueluche, além das meningocócicas, das pneumocócicas, Tríplice Viral, Febre Amarela e Influenza.

Vacinem-se! Foto: Fernando Zhiminaicela por Pixabay

Radar Leste BH – E quando elas não podem ser aplicadas?

Qualquer vacina não deve ser aplicada quando o paciente estiver apresentando algum quadro febril, pois pode sinalizar infecção. Outra contra-indicação são as alterações do distúrbio de coagulação ou algum tipo de reação anafilática após uma dose anterior.

Radar Leste BH – A vacina contra o herpes zóster deve ser aplicada em todos os idosos ou há restrições?

O herpes zoster é uma vacina nova que previne a reativação do vírus da catapora no nosso organismo. Está disponível apenas no sistema particular, tem uma grande eficácia e deve ser aplicada em todos os idosos. É de dose única e sua contra-indicação é para pacientes com algum tipo de imunodepressão leve por uso de corticóides em altas doses, quimioterápicos ou se é HIV Positivo.

Radar Leste BH – Qual é a mensagem que a senhora daria aos adultos, idosos, ou aos responsáveis por eles, sobre a importância da vacinação nessa etapa da vida?

O sistema imunológico dos idosos costuma ser mais frágil, então a vacinação se torna essencial para o aumento da expectativa de vida. As alterações imunológicas apresentadas por eles aumentam o risco de infecções, causando uma piora funcional e de cognição, além de manifestações clínicas mais exacerbadas, refletindo também no aumento da taxa de hospitalização e mortalidade. Vale lembrar que muitos idosos são avós e estão muito próximos de crianças e pessoas mais jovens, aumentando a exposição aos riscos.  Por isso, a vacinação é indispensável.