Atenção, pais! Fiquem de olho na tela de proteção das janelas

Aconteceu um fato aqui em Belo Horizonte, em 20/08/20, quando uma criança veio a óbito, quando teria caído do 4º andar de um prédio. Pelas primeiras informações, o garoto teria cortado a tela de proteção do apartamento com uma tesoura, feito um buraco, e por ali passou vindo a cair. A empregada que estava na casa escutou o barulho e o grito da criança e descobriu que ele havia caído. Avisou a família e a PM. Um médico que passava pelo local atestou a morte do garoto.

Principalmente nesta época da pandemia do COVID-19, onde as aulas nas escolas não estão acontecendo, um apartamento se torna uma prisão, principalmente para crianças. Elas desejam extravasar toda a energia acumuladas, e ficam tolhidas dentro da casa. Algumas acabam chorando, outras pedindo e talvez praticando algo que pode colocar a sua vida em risco.

Todo cuidado é pouco, e crianças têm um enorme vigor.  Para os adultos os acompanharem é muito difícil. Em um momento ou outro a criança acabará ficando sozinha e neste momento poderá praticar um ato que coloque a sua vida em risco.

A tela de proteção, muito utilizada em residências onde as janelas ficam em uma altura considerável, pode causar um mal a qualquer pessoa, irreversível para o evento morte na maior parte das vezes a quem cair destes locais.

Então, apesar da tela de proteção ser um importante instrumento para auxiliar na segurança, principalmente de crianças, deve estar sempre monitorada pelos adultos. Criança para tomar uma decisão repentina, não avisa aos adultos.

Por isto a necessidade de não deixar nenhum móvel próximo às janelas que permita a criança subir e ter acesso a janela aberta e a tela de proteção.

Proteja o seu maior bem, fique de olho, não subestime quando a criança estiver calada, quieta, pode causar uma fatalidade que irá destruir a paz de toda uma família. Um sentimento de revolta por não estar perto dela naquele momento e ter a oportunidade de  evitar um mal maior, e principalmente a falta de alguém que nunca mais iremos lhe dar um abraço apertado.

Instagram: @elsonmatosdacosta

Youtube: Elson Matos da Costa