Aumento de mortes por Covd-19 pressiona Cemitério da Saudade

A alta desenfreada do número de mortes por Covid-19 pressiona os quatro cemitérios municipais de BH. No Cemitério da Saudade aumentaram as aberturas de covas e os sepultamentos também.

Foto: Cemitério da Saudade. Divulgação PBH

De acordo com a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, de 08 de Abril de 2020 até a última semana de março deste ano foram disponibilizadas 10.068 gavetas – aproximadamente 3.350 jazigos, entre reformados e novos, nos cemitérios da Paz, Saudade e Consolação, para atender a demanda e manter uma reserva técnica segura. Confira a tabela com a evolução dos serviços.

Divulgação: PBH

 No Cemitério do Bonfim, onde 100% dos jazigos são perpétuos, ou seja, de uso exclusivo de uma só família, não houve ampliação.

Em meados de 2020 foi necessário aumentar o número coveiros, que passou de 35 para 50 profissionais nos quatro cemitérios municipais.

Sobre o risco de colapso, a fundação informa que a capacidade de atendimento, apesar de ampliada, tem atendido a demanda.