Base que enche o torcedor do Atlético de esperança

Os milhões investidos pelo Atlético nos reforços do time do técnico Sampaoli deixaram os torcedores esperançosos para quebrar o incômodo jejum de títulos do Campeonato Brasileiro.Por outro lado, não menos importante, está a boa fase das equipes de base do clube, principalmente o time sub-20, que disputa, como favorito pelos resultados em campo, os títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

A equipe sub 20 é líder do Brasileirão e joga nesta segunda, contra o Fluminense, para se manter na ponta. Independentemente de qualquer resultado desta partida, os números do time até o momento são impressionantes. Em 16 jogos foram 10 vitórias, 4 empates e apenas duas derrotas, com 32 gols marcados e 17 sofridos. Neste campeonato com 20 clubes, o regulamento prevê um turno único com 19 jogos para cada equipe, com os 8 primeiros se classificando para quartas de final, em sistema de mata-mata. O time já está classificado e quer manter o primeiro lugar geral.

Na Copa do Brasil, o time comandado pelo técnico Marcos Valadares começa a jogar, na quinta-feira, as semifinais contra o Vasco, em ida e volta. Na outra semifinal estão Palmeiras e Bahia. O Atlético até o momento eliminou o Goiás, Bragantino do Pará e o Gama de Brasília. Foram cinco jogos com 4 vitórias e um empate.

A temporada das equipes de base também ficou muito prejudicada com as paralisações da pandemia. O Atlético começou o ano disputando a Copa São Paulo, em janeiro, não passou da fase de grupos. Em março, ainda sem outras competições, houve a suspensão de todas as atividades por causa da Covid 19. Somente no final de setembro a equipe voltou a jogar partidas oficiais com o início do Brasileirão sub 20. A boa estrutura do clube e o bom planejamento da direção fizeram a retomada do futebol do sub 20 do Galo mostrar muita força nas competições nacionais.

Na categoria Sub 17 o Atlético também está na luta pelo título da Copa do Brasil, jogando esta semana a partida decisiva, em Belo Horizonte, contra o Brasil de Pelotas pelas oitavas de final. Na primeira partida, no Rio Grande do Sul, a equipe mineira venceu por 1 x 0.

Um dos responsáveis pelo bom momento do time na base é o diretor da categoria, Júnior Xávare, que já comentou que trabalha pelo ciclo virtuoso de reposição da equipe e deseja começar a colher os frutos da formação de atletas de ponta em 2022. Esse pode ser um caminho para a recuperação financeira de muitos investimentos realizados na equipe profissional. Alguns atletas da base já tiveram oportunidades na equipe de Sampaoli como Caleb e Savinho. Vale acompanhar esta fábrica que pode render títulos e novos talentos.

Twitter @armandoBH69