Golpe do amor virtual; criminosos seduzem e fazem vítimas pela internet

A busca por um romance, utilizando a tecnologia, nos aproxima de pessoas do outro lado do mundo e, por algum tempo, existe aquela troca de palavras melosas e românticas. Mesmo à distância, as pessoas se apaixonam, trocam juras de amor e podem estar prestes a cair num golpe. O Golpe do Amor.

As mulheres costumam ser as vítimas mais comuns. Como este golpista é muito bom de papo, acaba envolvendo a mulher com histórias bem contadas e ela lhe entrega cada vez mais quantias em dinheiro, como se tivesse contribuindo para a construção de um lar para os dois.

Para evitar cair no Golpe do Amor, tente conhecer pessoas físicas e não, on-line. Busque quem seja da sua cidade e com amigos em comum. Não viaje se não tiver condições financeiras de se manter por sua conta em um hotel e depois voltar.

Se a pessoa com quem mantém contato quiser te visitar, em hipótese nenhuma pague a sua viagem. Se for encontrar com a pessoa que conheceu pelas redes sociais, mande para alguém de sua confiança todos os detalhes da pessoa e local onde irá, e se for o caso, vá com alguém de sua confiança te acompanhando.

Em hipótese nenhuma compartilhe fotos íntimas, pois pode ser ameaçada de divulgação se não pagar uma quantia por ele estipulada. Percebendo que se trata realmente de um golpe, procure um advogado e se transferiu alguma quantia em dinheiro, bloqueie este infeliz de suas redes sociais.

Vá à Polícia Civil e registre uma ocorrência, de preferência em uma delegacia que apura crimes cibernéticos. Se o marginal, seu ex-amor teve acesso aos seus cartões, bloqueie imediatamente.

Procure ajuda com pessoas próximas e que possam te ajudar neste momento. Por mais que fique com vontade de ajudar a pessoa que lhe fez juras de amor, de longe, sem o conhecer pessoalmente, e se ele começar a contar algumas histórias das dificuldades que está passando, desconfie.

Instagram: elsonmatosdacosta