Já pensou em viajar para Nova York e receber a vacina contra a Covid?

Dar uma voltinha na Times Square, caminhar no central park, ver de perto aqueles cenários icônicos dos filmes que a vida toda povoaram o nosso imaginário. Conhecer Nova York é um sonho para muita gente. Agora, já imaginou fazer tudo isso e ainda levar de brinde uma vacina contra a Covid-19? É bom demais para ser verdade, mas é.

Nova York foi uma das cidades dos Estados Unidos que mais sofreu com a pandemia. Mas o país já está acelerado com a imunização da população. No começo do mês, o presidente Joe Biden estabeleceu a meta de vacinar 70% dos adultos até o dia 4 de julho, quando se comemora a independência dos Estados Unidos.

Com o processo tão acelerado, a retomada da vida dos americanos e, claro, do turismo será uma consequência natural e de grande importância para a economia. Para atrair os turistas, prefeitos de cidades como Nova York e Miami anunciaram o que estamos chamando de “turismo da vacina”.

O plano apresentado pelo prefeito da Big Apple é oferecer vacina aos turistas nas principais atrações da cidade, como Empire State Building, Times Square, Central park e por aí vai. A ideia é criar pontos de vacinação em vans que ficariam estacionados nesses lugares estratégicos. O imunizante utilizado seria o Janssen, que requer apenas uma dose.

O plano ainda depende da aprovação do governo. Mas em alguns estados, a vacinação já está aberta a todos, sem nenhuma restrição. Entre eles, Flórida, Arizona, Texas, Califórnia e Nevada.

No Alasca, os visitantes que quiserem, poderão ser vacinados logo na chegada no aeroporto.

Já há notícias de que mexicanos começaram a viajar para os Estados Unidos nos finais de semana apenas para serem imunizados. Para eles não há exigência de quarentena para entrar no país vizinho, basta apresentar um visto de turista, um teste de Covid negativo e o agendamento prévio (feito pela internet) para vacinar em uma farmácia americana.

Mas a decisão também tem gerado polêmica. Para alguns, enquanto os Estados Unidos distribui vacina gratuita para incentivar o turismo, outros países sofrem com a grande necessidade delas para públicos que são os mais afetados pelo vírus.

Para nós brasileiros, a notícia ainda não surte tanto efeito, afinal de contas ainda seguimos impedidos de viajar para os Estados Unidos sem antes fazer uma quarentena de 14 dias em algum outro país, como Panamá ou México.

Mas o que aprendemos nessa pandemia é que tudo muda muito rápido. Agora quero saber, você estaria disposto a viajar para outro país para se vacinar?

Você me encontra no Instragram @akemiduarte ou no meu canal youtube.com/omundoelogoali