Magno Dantas, colunista de Direito do Radar Leste BH

Jornalista profissional há 15 anos, pós-graduado e mestre em mídias digitais. Nascido em Maceió, crescido em BH. Amadurecido em Londres, Dublin, São Paulo, Franca e BH de novo… Apaixonado por contar casos e histórias. Repórter na Globo Minas há mais de dois anos.

Também sou advogado, recém formado, mas já devidamente inscrito na OAB/MG. O Direito sempre esteve presente na minha vida. Tenho avô, mãe, tio e primo advogados.  Atualmente faço pós-graduação em Direito Digital. Essa é outra área que tem chamado muito a minha atenção e que falaremos sobre no futuro. A região Leste entrou na minha vida quando conheci minha esposa, há 16 anos. Portanto, não sou morador raiz. Ela sim mora no Sagrada Família desde criança e foi a responsável por me apresentar essa tradicional e encantadora região. Sou apaixonado e já me considero “ZL”. Aqui, nossos filhos nasceram e moram desde pequenos. Somos apaixonados pelo bairro, pelas pessoas, pela proximidade e facilidade de acesso. A partir de agora, nesse espaço, teremos a oportunidade de discutir temas jurídicos. Para mim, será uma oportunidade de unir três paixões: Jornalismo, Direito e a região Leste. Abordarei, de forma simples, assuntos do Direito que impactam a vida das pessoas.,É fundamental essa discussão em um momento de pandemia onde muitos dos nossos direitos foram modificados. As relações trabalhistas foram impactadas com a redução da jornada de trabalho e de salário. As relações consumistas também. Os dois lados, tanto o prestador de serviço quanto o consumidor, têm sido prejudicados. Sem falar na área de família. A prisão do devedor de pensão alimentícia deverá ser cumprida exclusivamente na modalidade domiciliar, nos termos da resolução 62/2020, do Conselho Nacional de Justiça. Os divórcios extrajudiciais, aqueles feitos nos cartórios de forma amigável e sem filhos menores, passaram a ser permitidos também pela internet após a edição da resolução 100 da Corregedoria Nacional de Justiça. Essas e outras mudanças foram apresentadas e discutidas no projeto de lei emergencial 1179 que foi aprovada na Câmara dos Deputados, enviada e aprovada no Senado e agora volta para a Câmara para as mudanças sugeridas e,por fim, segue para sanção presidencial. Essa lei suspende diversos dispositivos do Direito Privado até quando durar a pandemia.Mas esses são temas para as próximas colunas. Espero voces! Até lá

!Para sugestões, dúvidas e contatos: Instagram: @Magnodantas13. Email: magnoldantas@gmail.com