Moradora da Leste defende pets da maldade e covardia humana

Esteticista por profissão e defensora dos pets por convicção. Essa é a Elaine Alves Criscuolo, moradora do bairro Pompéia. Neste 11 de setembro, data da comemoração do Dia dos Direitos dos Animais, essa protetora obstinada dos nossos amiguinhos de quatro patas nos conta as alegrias, desafios e dificuldades dessa missão.

Elaine, com um dos pets que adotou (foto Elaine)

Radar Leste BH – Por que se dedica aos cuidados com os pets? Quando surgiu essa vontade? Há quanto tempo está nesta causa?

Me dedico a esses seres indefesos da maldade humana por amor. Eles estão  sujeitos a todo tipo de covardia, abandono, necessidades e não sabem pedir socorro.Por isso alguém  tem que pedir por eles. Sempre fiz tudo o que pude pra ajudar os  que surgiam em meu caminho, dando comida, água  e tentava arrumar alguém para adota-lá.

Radar Leste BH – Há quanto tempo está nesta causa?

Há cerca de 3 anos fiquei sabendo de um grupo de protetores aqui na região  onde moro é aí tenho contribuído das formas que posso. As vezes vendendo rifas, doando objetos para bazar, doando ração. Estou sempre buscando pessoas para fazer adoção responsável.

Radar Leste BH – Cite pelo menos três grupos da região Leste que você ajuda?

Os grupos são  Pet Monitora, Mauro Pede, Adriana família Buscapé.

Radar Leste BH – O que vocês mais precisam neste momento?

Precisamos muito de ração, ajuda financeira pra pagar lar temporário dos animais, consultas, remédios e muito mais. Também a divulgação para adoção.

Radar Leste BH – Há quantos animais para adoção nos locais que você frequenta?

São muitos e o número varia diariamente. Eu aproveito para fazer um apelo. Adote um animalzinho. Você é capaz de tirá-lo das ruas, do abandono, pode livrá-lo de morrer de fome ou de ser maltratado nas ruas. Faça contato conosco: (31)99445-6071.

A chance para a adotar um cão (foto Elaine)

 A Declaração Universal dos Direitos dos Animais foi assinada em Londres, em 11 de setembro de 1978, pela Liga Internacional dos Direitos dos Animais. Em 15 de outubro do mesmo ano houve uma reunião no prédio da Unesco, em Paris, para referendar o documento. A liga mudou de nome e atualmente se chama Fondation Droit Animal, Ethique et Sciencese.

Você sabia que pode acionar a Polícia para defender os animais? Clique aqui e conheça o trabalho da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Fauna.