O embalado Galo de Hulk e Nacho vai reencontrar o torcedor

O torcedor atleticano está em êxtase. Uma temporada quase perfeita até o momento com a força ofensiva liderada por Hulk e Nacho Fernandez e a consistência na defesa. O futebol analisado nos números impressiona ainda mais quem acompanha o Atlético. O time já disputou 44 jogos em 2021 e tem 31 vitórias, 7 empates e apenas 6 derrotas. Um aproveitamento superior os 75%. Já conquistou o título estadual, lidera do Brasileirão com folga de 5 pontos e está nas quartas de final da Copa do Brasil e da Libertadores.

A dupla ofensiva formada por dois veteranos, Hulk com 35 anos, e Nacho, com 31, vai receber outro veterano para infernizar as defesas adversárias, o atacante Diego Costa, de 32 anos, que estava no Atlético de Madri. O técnico Cuca, que já tem um elenco com muitas opções como Sacha, Vargas, Savarino e Keno, vai ter um cardápio ainda mais farto para as retas finais das competições. Fundamental para quem quer disputar os três títulos que ainda restam em 2021.            Hulk com 17 e Nacho com 8 já fizeram juntos 25 gols, um terço dos 75 gols que o time marcou na temporada. Na participação direta nos lances de gols, aquele último passe antes da finalização, Hulk já deu 10 assistências e Nacho outras 6. Hulk ainda tem outro número importante no ano. Ele é o jogador do elenco atleticano que mais esteve em campo. Foram 38 jogos disputados.

Ainda sobre os números do time em 2021, a sequência de 9 vitórias seguidas no Brasileirão é o novo recorde do time na competição, derrubando os números de outras duas temporadas. Antes, em 1977, o time mágico de Cerezo Marcelo e Reinaldo, e em 1986, comandado por Telê Santana, o Atlético havia atingido a marca de oito vitórias seguidas. Na era dos pontos corridos o Atlético igualou a melhor sequência de vitórias estabelecida pelo Internacional na temporada passada.

Primeiro encontro

Na Libertadores, onde o time decide a vaga para as semifinais naquarta-feira, diante do River Plate, no Mineirão, com a presença do torcedor, o Atlético ainda está invicto. Foram 9 jogos com 6 vitórias e três empates. E o dia 18 de agosto será mesmo especial para 16 mil atleticanos, um terço da capacidade do Mineirão. Será o dia de ver de perto pela primeira vez o time que tem encantado milhões de torcedores que apostam na melhor temporada do time desde 2013, quando Ronaldinho comandava o Galo.

O retorno de público foi autorizado pela Conmebol em jogos da Libertadores, dependendo de cada clube e cidade estabelecer as regras. Em Belo Horizonte a prefeitura autorizou a presença de público nos estádios seguindo a limitação de 30% da capacidade da arena. Além disso o torcedor terá que apresentar resultado de exame de PCR negativo, manter o distanciamento e usar máscaras. Se não sofrer gols, o Galo estará nas semifinais, já que venceu a partida de ida, na Argentina, por 1 a 0. E na Libertadores o Atlético sofreu apenas 3 gols em 9 partidas. Pela Copa do Brasil o Atlético voltará a campo contra o Fluminense, primeiro fora de casa, no dia 26 de agosto. A partida de volta será em BH, ainda sem data, e deverá contar com público mais uma vez. Aos poucos, alguns privilegiados poderão ver esse Galo forte e que está em busca de todos os títulos na temporada 2021.

Twitter @armandoBH69