Ofertas fáceis de caminhão e trator: criminosos podem estar por trás disso!

Os golpes praticados por marginais se multiplicam. E a cada vez, podemos ver nos noticiários algo diferentes. Um golpe que se tornou muito comum é quando um veículo, normalmente com um alto valor, mas anunciado por um preço bem abaixo, como é um caminhão ou mesmo um trator, acaba aguçando o desejo de algum fazendeiro/agricultor/motorista que estava à procura de um bem como este.

Este interessado entra em contato pelo telefone com o pretenso dono, acertam o valor e vai até onde estaria o veículo. Indo uma ou duas pessoas, são recebidos em algum lugar pelos golpistas e levados para um determinado local, normalmente longe de qualquer habitação e ali se encontram com outros integrantes da quadrilha. Serão feitos reféns e a quantia que levaram consigo ou que ainda está no banco, é transferida para os marginais.

Caso a família perceba que alguma coisa está errado, como o pai não retornando as ligações ou dizendo que chegou no destino, é um motivo de alerta e assim comunicar a Polícia Civil, responsável pela investigação desse caso. Pode ser também que o refém tenha que entrar em contato com a família para realizar a transferência do dinheiro e a família possa perceber que alguma coisa não está bem, como o refém nervoso ao telefone. Se a Polícia Civil, através da Divisão Antissequestro for cientificada, existe uma grande possibilidade da prisão dos autores do crime e libertação do (s) refém (ns), sem pagamento de nenhuma quantia.

Para quem sai de sua cidade para ir comprar um veículo com uma quantia considerável, que está sendo vendido com baixo valor de mercado, o conselho é de que não leve a quantia consigo. Avise aos familiares do que está fazendo e caso recebam uma ligação para transfêrencia do dinheiro, e se tratando de um golpe, combinem alguma senha para que o familiar entenda que algo saiu errado. Por exemplo, o refém pergunta: “e o pai como está passando? Melhorou?” No caso do pai já ter falecido, ou algum pergunta que já combinaram anteriormente. O familiar, sabedor de que o interlocutor está com dificuldades, fará contato com a polícia que imediatamente iniciará a investigação.

Neste caso, os criminosos estão praticando o crime de Extorsão Mediante Sequestro, onde fazem o comprador como refém e o obrigam a retirar ou entregar o dinheiro que seria utilizado para a compra do bem. Para quem quiser comprar um veículo em outra cidade ou estado por um preço bem abaixo do valor de mercado, tome os devidos cuidados pois pode estar viajando para se tornar um refém de marginais.

@elsonmatosdacosta