Onde é mais seguro morar: em apartamento ou casa?

Existe uma dúvida quando as pessoas pretendem adquirir um imóvel. Casa ou apartamento? Qual é o mais seguro? Escolhida uma casa, os moradores terão total liberdade, dentro da legislação municipal, em realizar o que bem entender. Construir uma piscina, uma área de lazer com churrasqueira, balanço, escorregador, pula-pula, cachorros, gatos, etc. Depende da sua condição financeira.

Qual é a parte que pode ser ruim, se não houver uma atenção especial? A segurança da casa. A família é que terá de se preocupar em dotá-la de muros altos, cerca elétrica, alarmes, câmeras de segurança monitoradas remotamente, refletores que acendem com a presença humana, cachorros para alertar quando da entrada de uma pessoa, portão eletrônico para facilitar a entrada e saída de veículos com maior rapidez.

O apartamento conta com os diversos equipamentos acima descritos em uma casa, e isto já está programado para funcionar, independente se o morador quiser ou não, além de alguns prédios ainda contarem com um porteiro que irá filtrar quem pode ou não entrar. Alguém somente entra se for autorizado pelo morador.

Ele pode ser enganado e algum criminoso ter acesso ao prédio, podemos dizer que o ser humano erra e este profissional, da mesma forma. Bastante treinamento com ele para dificultar ao máximo a entrada de pessoas indesejáveis. Além disso, sempre haverá alguém no prédio a qualquer hora do dia ou da noite.

Todos os prédios devem ter o Manual de Normas e Condutas, que possibilita uma interação entre os moradores de uma forma única de procedimentos evitando maiores dissabores pela proximidade de seres humanos, cada qual com sua personalidade.

Quem sair e agir fora do manual poderá ser punido administrativamente ou dependendo até judicialmente. Então teremos regras para tudo: dia de mudança, pedir autorização para uma obra no apartamento, silêncio, o que fica difícil para quem tem crianças, uma festa de aniversário que pode impactar todo o prédio, janelas da mesma cor, pintura do imóvel na parte externa de acordo com o condomínio.

Pelo que podemos ver entre um e outro, existem prós e contras, e somente o casal é que poderá decidir qual o melhor para a sua família. Então, finalizando, não existe um local mais seguro, depende muito de como cada um irá tratar o local onde irá escolher para morar e se adequando ao imóvel. Espero que tenha ajudado a decidir ou que talvez tenha confundido ainda mais. Mas, a decisão sempre será pessoal, sempre será do casal.

Instagram: @elsonmatosdacosta

Youtube: Elson Matos da Costa