Parece um sonho: avião supersônico pode te levar a Europa em uma hora

Se você saísse de onde está agora e se deslocasse por uma hora, me conta, onde chegaria? Eu, aqui na região Leste de BH chegaria, no máximo, à vizinha, Contagem. No horário de pico então, olhe lá! Agora, já imaginou cruzar o oceano nesses mesmos sessenta minutos? É exatamente o que promete um novo motor de avião supersônico que está sendo testado na Inglaterra.

Chamada de SABRE, essa aeronave supersônica poderá ir muito além da velocidade do som em segurança. O desenvolvimento dessa super aeronave é acompanhado de perto pela Agência Espacial do Reino Unido. A expectativa é que os testes de vôo já comecem por volta de 2030.

Os Estados Unidos também não ficaram de fora na criação de uma aeronave supersônica comercial e trabalham no desenvolvimento do Aerion AS3, um jato que promete alcançar mas de 4 vezes a velocidade do som, algo em torno de 6.200 km/hora. Com essa potência, seria possível viajar de Los Angeles a Tóquio em apenas 3 horas, ou de Paris a São Paulo em apenas duas.

 Outra versão mais, digamos, realista é o Aerion AS2, que será capaz de voar a 1.600 km/hora com uma capacidade de 8 a 12 passageiros. Nesse caso, a promessa é voar de Nova York a Londres em 4 horas e meia. Segundo a fabricante, esse modelo já poderia iniciar as operações em 2026.

Parece um sonho? Uma ideia tirada de um filme futurista? Parece sim, mas a indústria está aí para mostrar que uma nova era supersônica está só começando e eu quero estar aqui para presenciar e vivenciar a continuação dessa história. Vai levar anos? Com certeza, mas enquanto estamos aqui sonhando, profissionais estão trabalhando no que será o futuro da aviação.

Até essa mudança chegar, a gente continua encarando incansáveis horas de voo porque o que importa é viajar e descobrir esse mundão. Concorda?

Me encontre também no youtube.com/omundoelogoali ou no Instagram @akemiduart