Pedreira coloca em risco a vida de moradores do Mariano de Abreu

Duas mortes nos últimos anos e vários feridos. Esse é o saldo trágico que a pedreira localizada na rua 5 de Janeiro, no Mariano de Abreu, deixa para quem vive nas proximidades. Dias atrás a moradora Lucineide Batista, de 32 anos, caiu de uma altura de 30m e foi levada em estado grave para o hospital de pronto-socorro João XXIII. A causa da queda não foi confirmada.

Local de risco e mortes. Foto: Marizete Amaral

A situação da comunidade é de desassossego, garante a líder comunitária Marizete Amaral. Segundo ela, não há sinalização ou obstáculo que impeça a chegada de pessoas e animais até a pedreira. E o problema teria começado depois da retirada de famílias do local e da derrubada de várias moradias para a realização de uma obra do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), para a reestruturação da área. Os operários foram embora e restaram os escombros das casas.

Obra parada e escombros pra todo lado. Foto: Marizete Amaral

De acordo com a líder comunitária, a obra do PAC foi interrompida há cerca de cinco anos. De lá pra cá o que se vê é abandono, escombros de casas e casos de gente despencando da pedreira. “Isso aqui virou uma área de risco. A comunidade reivindicou por anos pela obra, com esperança de melhorias. Só que a nossa vida virou um inferno”, denuncia.

Retorno da Prefeitura de Belo Horizonte

A Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel)  informa que as obras do Orçamento Participativo não possuem qualquer relação com a segurança da pedreira. Estão previstas intervenções de urbanização, abertura de via e finalização do centro esportivo no local.

A obra foi paralisada para atualização dos projetos, mas o processo de licitação se encontra em andamento. A previsão é que os trabalhos sejam retomados em breve.
A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) informa que está em fase final a elaboração de projetos para a estabilização da encosta das pedreiras Mariano I e IV.  Com o projeto concluído será iniciado o processo interno para abertura de licitação para contratação da obra.