Setembro: vamos celebrar os dois estádios mais importantes da cidade

Independência ou ?…..Cada um pode escolher o complemento da frase histórica. E é assim que fazemos a nossa história, reescrevendo os momentos e escolhendo os melhores adjetivos para caracterizar as nossas paixões esportivas, no mês de setembro, mês de aniversário do Mineirão, dia 5 de setembro, e mês de relembrar o primeiro grande estádio do Estado, o nosso Independência. E que semana!!!!! Semana de celebrar os 55 anos do nosso Mineirão. Estádio que mudou a forma dos torcedores verem o futebol mineiro e que mexeu com a estrutura das rivalidades.

Até 1965, ano que os mineiros ganharam de presente o estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão. Até então o futebol do estado tinha uma polarização de BH com América e Atlético. O Cruzeiro, time que crescia em resultados e simpatia dos torcedores, se tornou uma das maiores forças do estado e do país junto com a grandeza do Mineirão e surgiu para o mundo como o grande time que desafiou as maiores forças do futebol brasileiro.

O Cruzeiro foi o primeiro clube da capital que tornou o Mineirão um caldeirão para derreter os adversários, como fez com o Santos, de Pelé, em 1966, na decisão da Taça Brasil, com uma vitória épica, por 6 x 2. Diante de 77 mil pagantes, o Cruzeiro mostrou ao mundo que Minas Gerais merecia ter olhos atentos para o futebol desenvolvido no estado.

Em 1969 foi a vez do Atlético detonar a seleção Brasileira com uma vitória por 2 a 1, pouco tempo antes da seleção ir para o México para conquistar o tricampeonato mundial. O nosso Mineirão tem milhares de histórias do futebol que emocionam e nos enchem de alegrias e lembranças.

Mas quando falamos em setembro, é muito bom lembrarmos do Indepa, o  estádio Independência, estádio da nossa região Leste, cravado no seio do bairro Sagrada Família, e para alguns o Horto, não importa. É nosso!! Nosso da Leste. Inaugurado para a Copa de 1950, o Independência se tornou um ícone da história do futebol mundial com a famosa partida da Copa de 1950 quando os EUA venceram por 1 x 0 a Inglaterra. O resultado é considerado uma das maiores zebras da história das Copas.

Este episódio já foi descrito por uma centena de colegas jornalistas. E que legal falar sobre o nosso Indepa. Aproveito a oportunidade para deixar uma dica para quem conhecer mais detalhes sobre o estádio. Vale a leitura do livro do grande Jairo Anatólio Lima, Estádio Independência, jornalista que nos ajudou a compreender a paixão dos mineiros pelo futebol. Deixo a dica para a leitura para os que amam o nosso futebol e nossa cidade, da série “BH a cidade de cada um”. Vale cada linha…período… Jairo Anatólio Lima, que nos deixou em 2009, foi dois principais nomes da crônica esportiva de Minas Gerais. Meu respeito e minha admiração.

Os nossos dois estádios de BH agora se preparam para receber o mais novo companheiro, a Arena MRV, que será inaugurada em 2022. Os três deixam a nossa BH com palcos encantadores para o futebol e outras atrações esportivas e culturais. Que possamos ter uma cidade com a importância e força de três grandes palcos. Meu respeito aos nossos estádios, nossos templos do esporte e da cultura. Independência e vida!

Twitter @armandoBH69