Ta aí uma notícia que eu não esperava tão cedo: a volta dos Cruzeiros!

Quando a pandemia começou no ano passado, foi um sufoco acompanhar as histórias de turistas que ficaram meses à deriva, presos em cruzeiros em outros países por causa das regras de cada lugar e também das restrições sanitárias. Confesso que, por isso, imaginei que os cruzeiros não voltariam esse ano.

Mas no começo de outubro veio a surpresa, o Ministério do Turismo anunciou que a partir de novembro os navios vão retornar para a costa brasileira. De acordo com a nota do ministério, a retomada deverá gerar cerca de 35 mil empregos e injetar R$ 2,5 bilhões na economia nacional.

 A próxima etapa, antes da liberação, é a definição dos protocolos sanitários por parte da Anvisa, que deverão ser anunciados em breve. Entre as medidas adotadas estão: testes de Covid pré-embarque em todos os hóspedes, tripulantes vacinados e com três testes antes de entrar em serviço e quarentena, além do uso de máscaras, distanciamento, ocupação reduzida desinfecção e higienização constantes.

 De acordo com a nota do Ministério do turismo, para a temporada 2021/2022 estão previstas sete embarcações que serão responsáveis por ofertar mais de 560 mil leitos, 35 mil a mais que o ofertado em 2019/2020. Até o fim da temporada em abril do ano que vem, esses navios farão 130 roteiros e 570 escalas em portos brasileiros. Entre os destinos previstos, estão Rio de janeiro, Santos, Salvador, Angra dos Reis, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo frio, Fortaleza, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Itajaí, Maceió, Porto Belo, Recife e Ubatuba.

Você já se aventurou em um Cruzeiro? Eu, ainda não, mas gostaria muito de viver essa experiência um dia.

Imagem em destaque: wasi1370 por Pixabay.