Toque de recolher na Pandemia? Por quê?

No final de 2019 começamos a ouvir noticias vindas da China sobre um novo vírus, conhecido como COVID-19 e extremamente letal. Rapidamente vimos a chegada da doença ao nosso País e em todos os lugares do mundo. Desde então vivemos entre liberar e fechar o fluxo de pessoas que transitam por uma cidade, evitando desta forma a aglomeração e tentando com isto diminuir o numero de pessoas infectadas que acabam tendo que procurar um hospital.

Uma segunda onda da infecção pelo coronavírus está se disseminando por todo o nosso país, e com isto os hospitais estão, em sua maioria, com os leitos de CTI atingindo o ápice de ocupação. Com o aumento de pessoas infectadas e que procuram desesperadamente por um tratamento nos hospitais, os governos municipais e estaduais não encontram outra saída a não ser o fechamento de praticamente toda a movimentação que ocorre em uma cidade.

Principalmente o comercio e isto traz um enorme prejuízo para a economia local e principalmente para as pessoas que perdem o emprego e comerciantes que não conseguem cumprir os seus compromissos fiscais, pagando as taxas e impostos por aquele empreendimento com as portas fechadas. Todos se revoltam com esta situação.

Por enquanto, a única forma de combater o avanço do coronavírus seria o toque de recolher, onde todos ficariam em casa e saindo apenas em ocasiões especiais, como ir à farmácia, médico e comprar suprimentos. São as recomendações da OMS – Organização Mundial da Saúde como uma tentativa de conter a pandemia e amenizar a dor das famílias daqueles que irão se infectar.

No entanto, não é isto que observamos nas cidades, as pessoas sentem uma necessidade em sair e frequentar eventos com muita gente, com ou não utilizando máscaras, permitindo desta forma a propagação sem controle da COVID-19.

Aos poucos a população está sendo vacinada e somente com o tempo teremos a maioria protegida, enquanto isto, para quem pode ficar em casa esta é a melhor solução até hoje enquanto a aplicação do medicamento não chega a todos.

Instagram @elsonmatosdacosta