Vai viajar? Saiba como emitir o certificado de imunização contra a Covid

Lembra do certificado internacional de vacinação contra febre amarela exigido para entrar em alguns países? Pois é, ele agora ganhou um companheiro. 

Tenho certeza que um dos momentos mais aguardados pelos viajantes nos últimos tempos é a segunda dose da vacina contra a Covid. Só com o esquema vacinal completo é possível entrar em muitos países, antes fechados para brasileiros, agora abertos com algumas restrições. Entre elas, apresentação de um comprovante da imunização. 

Mas não basta ter tomado as duas doses ou dose única para viajar para alguns lugares do mundo. É preciso emitir o comprovante de imunização digital. Isso pode ser feito no aplicativo Conecte SUS, que está disponível para aparelhos com sistema Android e IOS. 

A navegação é muito simples. Com as duas doses aplicadas e cadastradas no sistema do governo, basta se cadastrar e entrar no aplicativo e clicar no “botão carteira de vacinação digital”. O certificado é gerado automaticamente com as informações das vacinas aplicadas, como fabricante, data, lote e local de vacinação, e um QR code que será utilizado pelas autoridades para validar o documento. 

É possível fazer o download do certificado no formato PDF e também emití-lo em inglês e espanhol. 

O Ministério da Saúde informou que esse comprovante fica disponível no aplicativo em até 10 dias após a aplicação da vacina em dose única ou segunda dose. No meu caso, no mesmo dia em que tomei a segunda dose, ele já estava disponível. 

Como se tornou mais comum nessa reta final de vacinação a imunização com doses diferentes e até o reforço idosos e profissionais da Saúde com uma vacina diferente, o Ministério da Saúde atualizou o aplicativo. Quem se encaixa nesse esquema vacinal também já consegue emitir o certificado digital. 

Não é só para viajar que esse documento é importante, ele já está sendo solicitado para entrar em determinados estabelecimentos no estado do Rio de Janeiro, por exemplo.