Você sabe qual é a importância do mês de março para a sua saúde?

A campanha do Março Vermelho é um alerta sobre os riscos do câncer renal. O Março Azul busca trazer conscientização sobre o câncer colorretal, que é o segundo tipo de câncer que mais mata no País. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 6 mil novos casos de câncer renal são registrados todos os anos. No Brasil, a chance de desenvolver tumores colorretais é de 4,3%.

O câncer de rim representa cerca de 3% das neoplasias malignas em adultos, sendo mais frequente nos homens e na faixa etária de 50 a 70 anos. Pessoas com histórico de doença renal na família, hipertensos, pessoas com sobrepeso e fumantes, são considerados grupo de risco para o desenvolvimento de algum tipo de câncer nos rins.

Sendo que o tabagismo aumenta de duas a três vezes o risco, uma vez que as toxinas do cigarro são absorvidas pelos pulmões e carregadas pela corrente sanguínea até os rins, sobrecarregando o sistema de filtragem.

Os sintomas do câncer renal podem incluir sangramento na urina (hematúria) e dor na parte lateral da barriga. Como se trata de um órgão localizado mais profundamente na barriga, os sintomas mais intensos e possibilidade de palpação do câncer só ocorrem quando a doença está mais avançada.

Câncer colorretal

Muitos casos só são descobertos já em metástase. Alguns dos sintomas de atenção são: emagrecimento repentino, sangue nas fezes, anemias de repetição, cansaço e indisposição, alterações nos hábitos intestinais com diarreias ou constipação frequentes.

Além dos sintomas, este tipo de câncer pode ser detectado através de exames como a colonoscopia, que pode inclusive remover o tumor, sem a necessidade de tratamentos mais invasivos.

O câncer de colorretal está diretamente ligado a alguns fatores de risco como sedentarismo, obesidade, tabagismo e consumo excessivo de alimentos gordurosos e álcool.

Confira aqui mais informações sobre as campanhas Março Azul e Março Vermelho.